“Luciano Botelho, o tenor leve brasileiro que já brilhou em Stuttgart como Orfeo (na versão francesa da ópera de Gluck), conduziu muito generosamente em vôos estratosféricos o fantasioso Elvino.”
Horst Koegler – abril 2012 – Opera Stuttgart Staatstheater, La Sonnambula

Luciano Botelho é graduado em Canto pela UNIRio e em Música Sacra pelo STBSB. Obteve,em 2006, o mestrado em performance e o Curso de Opera,na Guildhall School of Music and Drama, como bolsista da VITAE,complementando seus estudos na Cardiff International Academy of Voice.

O tenor fez a sua estréia na cena lírica interpretando o papel de Tamino (A Flauta Mágica, Mozart), no V Festival Amazonas de Ópera. Em outras edições do mesmo festival também foi Don Ottavio (Don Giovanni, Mozart), Ramiro (La Cenerentola, Rossini) e Conde Alma viva (O Barbeiro de Sevilha, Rossini). Em 2003,foi aclamado pela crítica brasileira como “um dos maiores talentos do país”,por sua interpretação de Fadinard (O Chapéu de Palha de Florença, Rota),em São Paulo. E, em 2007, representou o Brasil no renomado concurso internacional de canto BBC Cardiff singer of the World Competition.

Durante os últimos anos, Luciano vem formando uma sólida carreira internacional e, recentemente, interpretou Giacomo (La donna del Lago, Rossini), no Teatheran der Wien e no Grand theatre du Geneve. Também foi Elvino (La Sonnambula, Bellini) e Orphée (Orphée et Euridice, Gluck), em Stuttgart Staatstheatre; Conde Almaviva (O Barbeiro de Sevilha, Rossini), no Royal Opera House, em Londres; e o Conde de Chalais (Maria di Rohan, Donizetti), no Caramoor Festival, em Nova Iorque. Em Genebra e Nantes, cantou o papel título em Conde Ory (Rossini); Ramiro (La Cenerentola, Rossini), em Glyndebourne; Nancy e Malmo, Nemorino (L’Elisir D’amore, Donizetti), em Dijon e na English National Opera; Giannetto (La gazzaladra, Rossini), na Opera de Massy; Gennaro (Lucrezia Borgia, Donizetti),em Varsóvia; Leicester (Maria Stuarda, Donizetti),em Manheim; Ferrando (Cosi fan tutte, Mozart), no Festival de Verbier; Percy (Anna Bolena, Donizetti), com a English Touring Opera; e Tonio (La fille du regiment, Donizetti),em Holland Park.

No Brasil,o tenor se apresentou nas principais casas de ópera, cantando Nadir (Les Pecheurs des Perles, Bizet), Nemorino (L’Elisird’Amore, Donizetti), Tamino (Die Zauberflöte, Mozart) e Tebaldo (I Capuleti e I Montecchi, Bellini),no Teatro Municipal do Rio de Janeiro. No Palácio das Artes, em Belo Horizonte, cantou Fenton  (Falstaff, Verdi); e no Teatro da Paz, em Belém, viveu Tamino (Die Zauberflöte, Mozart). No Teatro Municipal de São Paulo destacam-se suas apresentações no papel título de Orfeo(Monteverdi), Fadinard (I cappello di Paglia di Firenze, Rotta) e Tybalt (Roméo et Juliette, Gounod). Além disso, Luciano participou de concertos junto à OSESP, Orquestra Petrobrás Sinfônica, Orquestra de Câmara do Amazonas, Amazonas Filarmônica e Orquestra Sinfônica da USP.

Site: www.lucianobotelho.com Luciano Botelho nas Redes Sociais

Poster do concerto A Tempo del Cuore