orfeu-website-2

O Grupo Camena e músicos convidados se reuniram para montar Orfeu Xamã: ópera composta em 2016 por Christina Pluhar, diretora artística do L’Arpeggiata (conhecidíssimo conjunto musical voltado ao repertório da música antiga e popular).

Orfeu Xamã narra a história do legendário Orfeu, semideus grego que seduzia e encantava a tudo e todos com seu canto comovedor, profundo e delicado.

A versão que apresentaremos toma da obra de Christina Phuhar algumas músicas, rearranjando-as e vertendo-as para o português. Cantaremos, pois, em nossa língua, o que aproximará o público das emoções fortes e inesperadas que povoam a vida de Orfeu.

E nada mais oportuno do que por em cena Orfeu: homem de coragem e dignidade que vai ao reino dos mortos resgatar a mulher amada, morta subitamente. Mas Orfeu falha, por não conseguir se dominar, perdendo para sempre aquela que foi e será sua paixão eterna.

Então, nada melhor do que trazer Orfeu à vida, já que vivemos tempos de mentiras obstinadas, opiniões medíocres sobre tudo e todos e falta de coragem… de sensibilidade! Orfeu, ao contrário disso, é a expressão da verdade de uma alma que tenta e erra, que quer e não sabe como, que tem coragem e ao mesmo tempo é vencido por si próprio! Em tempos de vida reduzida, de vida de manada, conhecer aquele que procura um caminho próprio pode significar a diferença entre sermos indivíduos ou, meramente, seres ocultos que vociferam impunemente seus direitos. Se Orfeu nos diz alguma coisa, é exatamente isso: na vida nada é impune. Nada!

Orfeu Xamã: a vida humana que é a nossa vida, mesmo que não saibamos disso!

Ibaney Chasin

Com a(s) Tag(s) →