camena-artistas

Os artistas do Grupo Camena antes do concerto Aria Amorosa

 

Curriculos

mariana-rodrigues

Mariana Rodrigues:
Viola

Mariana Rodrigues nasceu em Campina Grande, mas reside em João Pessoa desde a infância. Nesta cidade, ainda aos 12 anos, inicia seus estudos de viola na Escola Antenor Navarro e forma-se bacharel em música pela UFPb. Durante este curso teve os primeiros contatos com a música barroca, se apresentando em concertos do Projeto Camena de Oficina Barroca. Desde criança participa da vida musical de João Pessoa, atuando na Orquestra Sinfônica Infantil e Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba. Posteriormente foi violista da Orquestra Sinfônica da Paraíba e da Orquestra de Câmara da Cidade de João Pessoa. Participa ativamente de festivais de música como o Virtuosi de Gravatá, Festival Internacional de Música em Campina Grande e o Festival Música nas Montanhas, onde tem a oportunidade de tocar e se atualizar sob orientação de violistas renomados. Atualmente trabalha como violista da Orquestra Sinfônica da Universidade Federal da Paraíba.

 

priscila-ewald

Priscila Ewald:
Violino

Priscila Ewald iniciou seus estudos de violino aos 13 anos em Curitiba e hoje cursa o Bacharelado em Música da UFPb na classe de Hermes Cuzzuol Alvarenga. Já participou de alguns festivais de Música em Curitiba, do Festival de Música de Santa Catarina em 2009 e foi violinista da Orquestra de Câmara de João Pessoa. Conheceu o repertório barroco através do Projeto Camena de Oficina Barroca, do qual hoje é bolsista. Atualmente ministra aulas de violino no Colégio Marista Pio X e participa da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba.

 

helio-medeiros

Helinho Medeiros:
Sanfona

Natural de João Pessoa, Helio Giovanni Medeiros da Silva é sanfoneiro, pianista, compositor e arranjador. É professor do departamento de Música da UFPb e já participou como instrumentista da gravação de mais de 60 títulos, entre discos, CDs e DVDs de autores do cenário local, nacional e internacional. Com a orquestra sinfônica atuou como músico convidado nos concertos populares dos artistas, Fafá de Belém,  Arnaldo  Antunes,  Ângela  Rô  Rô  e  Genival Lacerda.Nos últimos 10 anos tem se dedicado a direção musical, produção de arranjos e atuação como sanfoneiro e pianista com vários grupos e artistas, excursionando pela America latina, Caribe, Estados Unidos e Europa.

 

rafael-laurindo

Rafael Laurindo: Barítono

O barítono Rafael Laurindo, nascido em Juazeiro do Norte, Ceará, iniciou seus estudos com o cantor Sebastião Velasques Sabiá. É licenciado em Letras pela Universidade Regional do Cariri e bacharel em Música pela Universidade Federal da Paraíba. Durante intercâmbio acadêmico na University of Manchester, no Reino Unido, foi aluno dos cantores Richard Strivens e Andrew Heggie e cantou como integrante do grupo Medlock Singers. Integrou o coro da ópera Il Barbiere di Siviglia, de Rossini, produzida pela Companhia Brasileira de Ópera e conduzida pelo maestro Abel Rocha. Participou de apresentações como integrante do Coro Sonantis e do Octeto Sonantis, sob direção dos maestros Eli-Eri Moura e Marcílio Onofre. Participou de master classes com o coaches Marcello Cormio e Vitor Philomeno e com os cantores Marcelo Ferreira, Tatiana Aguiar, Johannes Martin Kraenzle, Adriana Fernandez, Susan Rutherford, Valentin Johannes Gloor e Francisco Campos. É cantor solista do grupo Camena desde o ano de 2009.

 

João Vitor Figueiredo

João Vitor Figueiredo:
Percussão

João Victor Figueiredo é natural de João Pessoa e iniciou seus estudos musicais no curso de extensão da Universidade Federal da Paraíba sob a orientação dos professores Gustavo Miranda e Francisco Xavier e hoje é aluno da Professora Germana Cunha. Desde muito jovem teve contato com a música barroca, participando de Concertos promovidos pelo Projeto Camena de Oficina Barroca desenvolvido no interior do Departamento de Música desta instituição. Ao lado deste trabalho se desenvolveu como percussionista em grupos orquestrais importantes do cenário musical paraibano. Participou da Orquestra Jovem e da Orquestra Sinfonica da Paraíba e atualmente participa da Orquestra Sinfonica da UFPb. Trabalhou ao lado de Maria Claudia Lacourt, Ayrton Benck, Sandoval Moreno, Samuel Spinozza, Eugene Kohn, Carlos Pierre, Arthur Barbosa, Alex Klein e Plácido Domingo. Atualmente dedica-se também à área da Composição.

 

Gustavo Seabra: Mandolino

Gustavo Seabra é graduado em violão pela UFPB e teve o primeiro contato com a música barroca ao participar ativamente do Projeto Camena de Oficina Barroca. Em 2010 foi premiado com o 1º lugar no I Concurso de Violão de Campina Grande e em 2011 recebeu o prêmio “Láurea Acadêmica Destaque da Graduação”. Participou de diversos festivais pelo Brasil: Seminário de Violão Vital Medeiros (SP), Festival de Música de Ourinhos (SP), Festival Internacional de Música de Bragança Paulista (SP), Semana da Música 2011 (RN) e Encontro de Violonistas Paraibanos (PB), tocando para músicos renomados, como Rafael Aguirre, Aliéksey Vianna, Sonia Goussinsky, Everton Gloeden, Paulo Martelli, João Paulo Figueiroa, Eugênio Lima e Jorge Castañeda. Atuou no Trio de Violões Sanhauá e manteve um Duo com Alfredo Henrique, realizando vários concertos. Em 2010, ao lado de Heder Dias realizou o Concerto em Sol maior de Antonio Vivaldi (RV 532) no Centro Cultural São Francisco em 2010. Atualmente se dedica ao estudo de instrumentos de plectro, tocando o cavaquinho e, mais recentemente, o mandolino barroco.

 

Thiago Wesley: Barítono

Thiago Wesley: Tenor

O tenor Thiago Wesley é natural de João Pessoa e tem 21 anos. Estuda canto desde os 17 e é aluno do Bacharelado em Canto na UFPB, onde  freqüenta as classes dos professores  Amarilis Rebuá e Luiz Kléber. Atualmente trabalha como regente e preparador vocal de coros.

 

 

 

Heloisa Muller: Cravo Barroco

Heloisa Muller:
Produtora Artística, Cravo

Heloísa Muller é professora na Universidade Federal da Paraíba desde 1990, onde leciona as disciplinas História da Música e Prática de Conjuntos. Graduou-se em piano pela UFG, é mestre em Ciências Sociais pela UFPb e doutora em Musicologia pela USP. Foi professora da Escola de Música de Brasília, cidade onde viveu por treze anos desenvolvendo intensa atividade na área da música de câmera. Como pianista participou de vários grupos camerísticos realizando recitais pelo Brasil e exterior. Realizou curso de aperfeiçoamento em música renascentista junto ao Centro Studi Rinascimento Musicale (Florença) e estudou cravo na Unicamp. Em 1996, ao lado do prof. Ibaney Chasin, cria o CAMENA, grupo que nasce com a proposta de pesquisar, realizar e divulgar o repertório de música histórica, com o qual realizou recitais em várias capitais do Brasil. Ministrou as oficinas de Música de Câmera e Música Antiga no 31º Festival de Inverno da UFMG e Interpretação e Prática da Música Barroca e Renascentista para Canto e Contínuos durante o III Festival Nacional de Música de Câmera Paraíba. Dentre as várias obras realizadas como continuísta destaca-se L Orfeo de Cláudio Monteverdi, ópera montada pelo Teatro Municipal de São Paulo em abril e maio de 2006, sob a direção de Mara Campos. Na UFPb coordena o projeto Camena de Oficina Barroca, com o qual realiza espetáculos duas vezes ao ano.

 

Ibaney Chasin: Guitarrone, Violão

Ibaney Chasin:
Diretor artístico, chitarrone e guitarra barroca

Ibaney Chasin é graduado em Música pela Universidade Federal da Paraíba (1983), mestre em Filosofia pela Universidade Federal de Minas Gerais (1990) e doutor em Histórial pela Universidade de São Paulo (2003). Atualmente, é Professor Associado I do Departamento de Música da Universidade Federal da Paraíba. Sua atividade de pesquisa se desenvolve na interelação entre os campos da música, história e estética. É diretor Artístico do Grupo Camena, de música antiga.

 

 

Rainer

Rainer Patriota:
Viola da Gamba e Violão

Natural de Natal (RN), onde iniciou seus estudos musicais, Rainer Patriota é formado em música pela UFPB, mestre em filosofia pela UFPB e doutor em filosofia pela UFMG. Como instrumentista, dedica-se ao violão, à viola de dez cordas e à viola da gamba, atuando na área de música antiga e na fronteira entre o jazz e as músicas do mundo. Suas pesquisas contemplam problemas diversos da estética, em particular da estética musical. Atualmente é professor pelo PRODOC junto ao Instituto de Filosofia Arte e Cultura da Universidade Federal de Ouro Preto.